"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

domingo, 27 de novembro de 2016

Sobre a dor



Dor que cala 
prende choro 
revira a vida, 
vira mágoa. 
Dor bonita 
é dor vivida
escrita, 
esquecida, 
em estado de
l á g r i m a. 

Priscila Rôde


domingo, 10 de julho de 2016

Memórias de Dulcineia VII


Imagem Google

Quero que me devolvam o meu riso.
Inocente ou perverso, pertence-me.
Ouço-o, ainda, pela infância
fora quando ecoa na remota
memória da alegria.
Ouço-o na hora
de desocultar segredos,
golpeando palavras
ou inesperados silêncios.
Ouço-o, mesmo sabendo
que já não é possível
forjar, na voz, o breve instante
que vai do espanto
à original pureza do olhar.

Graça Pires


Às vezes


Foto minha

Às vezes, subitamente, a poesia te visita.
Pura.
Infinitamente pura.
Como uma rosa.
Melhor ainda:
como a idéia de rosa.

Emilio Moura


quinta-feira, 30 de junho de 2016


Arte de Igor Morski

Num espaço falso entre o que fui e o que sou 
perduram as frases que eu não disse 
aqueles gestos que eu não quis fazer 
e toda a história da minha vida 
que o destino não pôde escrever. 

Olavo Rubens

Esse lado de mim


Imagem Invisible Man (daqui)

Esse lado de mim que vive
Desejando partir 
É minha metade forasteira, 
Selvagem e traiçoeira... 

Chega ansiando ir embora, 
Parte pensando em voltar, 
E amarga uma impaciência que não controla... 

Esse lado de mim que passeia pela vida 
Sorrindo diante do intocável, 
Brilhando olhos de lobo, 

Voz mansa quebrando o silêncio, 
É a parte de mim que não sabe o que quer, 
Minha metade cansada, 
Frágil e sensível... 

Deseja ser guiada por um sonho, 
Brincar na memória de alguém, 
Ser parte eterna de uma alma 
Que já aprendeu a amar... 

  Débora Böttcher



terça-feira, 28 de junho de 2016

Da maneira mais simples


Fotografia de Elena Kalis

É apenas o começo. Só depois dói, 
e se lhe dá nome. 
Ás vezes chamam-lhe paixão. Que pode 
acontecer da maneira mais simples: 
umas gotas de chuva no cabelo. 
Aproximas a mão, os dedos 
desatam a arder inesperadamente, 
recuas de medo. Aqueles cabelos, 
as suas gotas de água são o começo, 
apenas o começo. Antes 
do fim terás de pegar no fogo
 e fazeres do inverno 
a mais ardente das estações. 

  José Fontinhas



Pintura "Descascando Cebolas", de  Lilly Martin Spencer


são as mulheres que 
fazem chorar as cebolas 
como se descascassem a própria vida 
e, arredondando-se então, descobrissem 
um corpo, o seu 
uma vida, a sua 
e, no entanto, nada que de verdade 
pudessem seu chamar 
ou talvez sim, mas só 
aquela gota de água salpicando 
um canto do avental onde 
desponta uma flor de pano colorida que 
ainda ontem ali não ardia 


Bénédicte Houart

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Trabalho de parto




(imagem: via colisions)

brotam de meu ventre
versos repulsivos
abortos involuntários
criações de assombro
incham-me o sexo
secam-me as tetas
deixando em seu rastro
nessa casa maculada
a solidão do casulo

fina casca enegrecida
hábitat de sonhos


Elizeth Serrão Rodrigues


Espectro de mim


Arte de © Miguel Campetella

Como nau perdida na noite,
sem destino, sem horizontes.
Assim eu sou:
- Espectro do que fui.
Apenas um vulto,
cara a cara com a solidão.
Sem rumo, sem certezas,
sem perspectivas.
Sem você.
Uma sentença em aberto.
Sem ponto final.

Regina Helena



A tua espera


Arte de Melissa Hartley

Estou diariamente à tua espera
como quem espera um astro pela noite

Defino-te em segredos
Revejo-te em memória

Invejo-te
Construo a tua boca sem palavras
Construo este silêncio em que me prendo. 

João Rui de Sousa



Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página