"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

domingo, 2 de dezembro de 2018

Do tempo que passa




Arte de Koby Feldmos

Perdemos repentinamente
a profundidade dos campos
os enigmas singulares
a claridade que juramos conservar

mas levamos anos
a esquecer alguém
que apenas nos olhou.

José Tolentino Mendonça
in A Noite Abre Meus Olhos




quarta-feira, 14 de novembro de 2018


imagem daqui

Bem podias
trazer-me uma flor,
uma fatia de lua ainda morna,
algumas notas afinadas 
de violino ou piano…
Não me saem bem os versos
sem estas coisas
reservadas aos sonhos.
Bem podias
entrar no poema, agora
antes que seja tarde
e me encontres acordada.

Lídia Borges, in Seara de Versos 





imagem daqui

Cheguei à janela,
Porque ouvi cantar.
É um cego e a guitarra
Que estão a chorar.
Ambos fazem pena,
São uma coisa só
Que anda pelo mundo
A fazer ter dó.
Eu também sou um cego
Cantando na estrada,
A estrada é maior
E não peço nada.

Fernando Pessoa, in Poesias Inéditas 



terça-feira, 13 de novembro de 2018

Ciclo do Sabiá - II



pintura de Christian Schloe


Vi descer a tempestade,
Sabiá,
sobre nuvens tenebrosas.
Os homens, soltos, corriam,
Sabiá...
(De onde lhes vem tal pavor?)
- Presas morriam as rosas,
em seu destino de flor.

Nessa densa tarde escura,
Sabiá,
entre as batalhas do vento,
escutei pela montanha
tua voz tranquila e pura,
Sabiá,
- perfeita imagem do amor
em cristal de pensamento:
grande, claro e sofredor.

Debrucei-me no ar selvagem,
Sabiá,
para ouvi-la, tão serena,
sem medo do fim do mundo,
proclamar sua mensagem,
Sabiá.

Levarei para onde for
dois perfis da mesma pena:
meu silencio, teu clamor.

Cecília Meireles



Arte de Catrin Welz-Stein

às vezes a gente precisa
é de um bom banho de céu

que é pra gente se limpar
dos excessos
dessa vida terrena

ou simplesmente para lembrar
da natureza
p a s s a g e i r a
das
nuvens
que passam
feito
nós

Be Lins



A vida é uma hora



Arte por Nykolai Aleksander

A vida é uma hora,
mal nos dá tempo de amar tudo,
de ver tudo.
A vida sabe a musgo,
sabe a pouco a vida se não tiveres
mais mãos nas mãos que te deram.
No fim escolhemos um sítio perigoso,
um parapeito, uma via,
a ponta de um punhal onde passar a noite.

Gloria Fuertes, in Como cantava maio



quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Ato de contrição


imagem: google

Pelo que não fiz, perdão!
Pelo tempo que vi, parado,
correr chamando por mim,
pelos enganos que talvez
poupando me empobreceram,
pelas esperanças que não tive
e os sonhos que somente
sonhando julguei viver,
pelos olhares amortalhados
na cinza de sóis que apaguei
com riscos de quem já sabe,
por todos os desvarios
que nem cheguei a conceber,
pelos risos, pelas lágrimas,
pelos beijos e mais coisas,
que sem dó de mim malogrei

- por tudo, vida, perdão!

Adolfo Casais Monteiro




imagem: Pinterest.com

Era uma folha pousada
no cotovelo do vento;
e pairava, deslumbrada,
entre morte e movimento.

Era uma folha: lembrava,
de tão frágil, o momento
em que a vida ficava
escrava do teu juramento.

Era uma folha: mais nada.
Antes fosse esquecimento!

David Mourão Ferreira




Eu sou de ti


imagem: Alex Berkun

Eu sou de ti
Como a onda é do mar e o mar é do sonho;
Como o encanto é da noite e a seara é da foice;
Como a mó é do moinho e o céu é do luar.

Eu sou de ti
Como a luz é da manhã e a vela é do vento;
Como a voz da melodia e o porvir da fantasia;
Como a palha é do fogo e a cor é da romã.

Eu sou de ti
Como o mistério é do feitiço e os olhos são da alma;
Como o pão é da espiga e o som é da cantiga;
Como o segredo é da bruma e a espera é do cansaço.

Eu sou de ti
Como o campo é do jasmim e a fonte é da água;
Como a terra é da semente e a solidão é da vida;
Como a paixão é da saudade, como chegar é da partida;
Como o abismo é da ponte e o peito é da mágoa,
Como tu jamais serás de mim.

Margarida Faro 




imagem: facepage Fabrica de Escrita

És uma presença. Constante.
Como o fantasma bom que me guarda a casa;
um sorriso solto, um beijo calado, ponto de luz
para os olhos cansados de quem viaja.
És uma presença. Constante.
Como o que diziam do anjo da guarda;
um olhar que não procuro, mas, sei.

Jamais alguém tocará a minha alma
com amor semelhante.

Margarida Faro
em "44 Poemas"


Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página