"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Arte taciturna




Em meu ofício ou arte taciturna
Exercido na noite silenciosa
Quando somente a lua se enfurece
E os amantes jazem no leito
Com todas as suas mágoas nos braços,
Trabalho junto à luz que canta
Não por glória ou pão
Nem por pompa ou tráfico de encantos
Nos palcos de marfim
Mas pelo mínimo salário
De seu mais secreto coração.

Escrevo estas páginas de espuma
Não para o homem orgulhoso
Que se afasta da lua enfurecida
Nem para os mortos de alta estirpe
Com seus salmos e rouxinóis,
Mas para os amantes, seus braços
Que enlaçam as dores dos séculos,
Que não me pagam nem me elogiam
E ignoram meu ofício ou minha arte.

Dylan Thomas
(Tradução: Ivan Junqueira)



3 comentários:

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Teu interlúdio é o cimo!
O ápice da poesia
Que adoro, e eu te diria
Que já, este espaço estimo

Por ver neste blog um mimo
De postagens, sendo via
De luz, de ensino e guia
A nós, e à arte, arrimo.

Parabéns pelos singelos
Poemas, todos tão belos
E de autores diferentes.

Aqui partilhas cultura
E a poesia mais pura
Postadas pelo que sentes.

Parabéns pelo espaço! Voltarei. Já sou mais im seguidor. Grande abraço. Laerte.

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Teu interlúdio é o cimo!
O ápice da poesia
Que adoro, e eu te diria
Que já, este espaço estimo

Por ver neste blog um mimo
De postagens, sendo via
De luz, de ensino e guia
A nós, e à arte, arrimo.

Parabéns pelos singelos
Poemas, todos tão belos
E de autores diferentes.

Aqui partilhas cultura
E a poesia mais pura
Postadas pelo que sentes.

Parabéns pelo espaço! Voltarei. Já sou mais im seguidor. Grande abraço. Laerte.

Dalva Nascimento disse...

Adorável amigo,

Que bom que te agradas do meu Interlúdio!
Pois desde já é teu!

Um grande abraço!

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página