"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

terça-feira, 20 de maio de 2008

"Tipo Assim"

.
.
Depois da hora do Ângelus, vez em quando,
Quando já se anuncia a noite escura.
Meu olhar vaga o céu como em procura
De qual estrela mais está pulsando.

São tantas, tantas que vou separando
Em brilhos, tons, tamanhos e texturas
Enquanto o pálio aberto configura,
Universos em chamas faiscando.

Mas eis que uma se solta das alturas,
E cai nálgum lugar distante e frio.
E eu perdido em minhas conjecturas,

Relembro me de uma coisa tipo assim.
Quando tu foste eu fiquei tão vazio,
...E ninguém mais veio cuidar de mim...
.
Jenário de Fátima

2 comentários:

Anônimo disse...

Sou Jenario de Fátima. Quando estou de folga, me divirto procurando minhas coisas perdidas pelai.
Bom quando colocam os credito. Na imensa maioria das vezes o poema aparece a´pocrifo.
Grande beijo

Flor ♥ disse...

Querido poeta,

é uma honra e um prazer tê-lo por aqui... teus poemas enfeitam o Interlúdio!

Bjs.

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página