"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

sábado, 13 de março de 2010

"Contradições Amorosas"

.
imagem daqui
.
Você, no alto dos seus belos olhos, diz ter medo
Eu, abaixo de sua linha da cintura, digo... eu sou o medo

Você, plantada na experiência, de uma longa vida, diz que sofreu
Eu, ainda cambaleante em meu triste corpo, digo que sangrei

Você, alinhada em seu perfil de estrela, afirma que chorou
Eu, mascarado em minha face de aço, saliento que me desmanchei em lágrimas

Você, ser sedento de paz e ternura, diz amar
Eu, impaciente e temeroso, digo ter dificuldades em entregar, arriscar e doar

Você, na intensidade de sua ansiedade, busca a felicidade
Eu, entregue às minhas eternas limitações, me apego à realidade.

Você, altiva e bonita, diz Sim e Não
Eu, cansado e sem esperanças, digo Não e Sim.

Lúcio Alves de Barros

.

3 comentários:

Ana Tapadas disse...

Querida Flor:
Trabalho, ainda...mas uma pausa no teu Interlúdio faz-me bem!
bjs

HSLO disse...

Amo essa música que toca em seu blog...linda demais.




abraços


Hugo

Estrela vespertina...turbulenta! disse...

"Eu, impaciente e temeroso, digo ter dificuldades em entregar, arriscar e doar"
o medo encrusta na pele,de alguma maneira nos prejudica!!!

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página