"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

segunda-feira, 22 de março de 2010

"Fantoche"

.
.
Sua mão retirada de repente e o fantoche,
agora, sem vida.
O boneco que animava o seu teatro
agora um pedaço de pano.
Tecido esquecido.
De volta prá caixa.
Mais uma vez, de uma hora para outra,
o vazio por dentro.
Sua ausência me transformando em trapo.

Eduardo Baszczyn

.

3 comentários:

Ana Tapadas disse...

Poema pungente. Gostei muito.
Beijinho e boa semana

HSLO disse...

Genial!

abraços


Hugo

Sonhadora disse...

Minha querida Flor
Poema belo na sua nostalgia.

Beijinhos
Sonhadora

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página