"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

sábado, 5 de fevereiro de 2011

"Um Poema de Amor"



Não sei onde estás, se falas
ou se apenas olhas o horizonte,
que pode ser apenas o de uma
parede de quarto. Mas sei que
uma sombra se demora contigo,
quando me pergunto onde estás:
uma inquietação que atravessa
o espaço entre mim e ti, e
te rouba as certezas de hoje,
como a mim me dá este poema.

Nuno Júdice

Imagem: “I had to find you, tell you I need you”, fotografia de Rosie Hardy


4 comentários:

Hugo de Oliveira disse...

Tão simples e grandioso, belo...lindo.

abraços

Sonhadora disse...

Minha querida

deixando um beijinho e desejando bom Domingo.

Sonhadora

A Palavra Mágica disse...

Flor,

Muitas vezes o que dói é essa pergunta sem respostas: "Onde estás?"

Beijos!
Alcides

Jéll C. disse...

que lindo *-*
ótimo domingoo amore ;*

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página