"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

terça-feira, 27 de novembro de 2012


Desconheço a autoria da imagem

A poesia nem sempre
adota a forma
de um poema

Depois de cinquenta anos
a escrever
a poesia
pode apresentar-se
ao poeta
na forma de uma árvore
de um pássaro
que voa
de luz

Adota a forma
de uma boca
refugia-se no silêncio

ou vive no poeta
livre de forma e de conteúdo

Tadeusz Rózewicz


2 comentários:

regina ragazzi disse...

Que lindo poema. Seu blog é belíssimo Flor. Muito bom vir aqui. Grata pela sua visita. Bjss

Malu disse...

Poema que bem explica. Realmente a POESIA não dá conta de tudo... é preciso saber buscar soluções em outras fontes. Ela apenas sublima a dor, nada mais...
Abraço

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página