"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

quinta-feira, 22 de junho de 2017


Fotografia minha

Hoje visitei a beira do abismo
Eu e meu jeans
No fundo, sempre achamos que o tempo não iria passar
Acocorei-me sobre o limbo que cobria o chão que pisava
Abotoei uma borboleta amarela na lapela
Cobri-me daquele sol desbotado e velho
Apanhei um cogumelo solitário que insistia em crescer na pedra
Cheirei duas nuvens passageiras
Mas resolvi não olhar para o espelho do mar.
E o azul acima da minha cabeça sempre me desafiando:
Resolvi seguir pra lá.
Estou cansado de tentarem me convencer que envelheço.

Celso Mendes

2 comentários:

Victor Barão disse...

Minha amiga Dalva, para além de todo o conceito do blogue, sempre adorei o poético conjunto de texto e imagens aqui do Interlúdio. Mas regra geral com imagens de autoria alheia à própria Dalva, dai que me encanta começar a ver fotografias/imagens de sua própria autoria a ilustrar os textos próprios ou alheios.

Parabéns pois saiu-se muito bem, quer na foto por si só, quer na conjugação com o texto

Dalva Nascimento disse...

Gratíssima!

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página