"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

sábado, 24 de outubro de 2009

.
.
Guarda-me em ti
como se eu fosse teu segredo.
Pousa em mim
sem pudor e sem medo,
e mostra-me o que virá amanhã.
Cria-me naquilo que desconheço.
Adivinha-me desde o fim até o começo.
Toma-me, sabes bem o endereço,
ai sim, te reconheço.
.
Carlos Alberto Baltazar

.

5 comentários:

magna disse...

oie flor tenha uma boa noite e um bom fim de semana...
é tão bom ter alquém que possamos ao mesmo tempo nos perder,preencher e reencontrar?!o amor é assim.bjusss

A Palavra Mágica disse...

Flor,

Um belo momento de entrega.

Beijos!
Alcides

Fernando Campanella disse...

Lindo o poema do Baltazar. Flor, teu blogger é um espaço da maravilhas. Lindos poemas, belíssimas fotos. Onde vc garimpa tanta beleza, que extremo bom-gosto, delicadeza, harmonia foto-poema. Um espaço que encanta. Meu caramujo está precisando visitar mais e mais o espaço de minhas amigas, rs....Bjos, lindo blog.

Ana Tapadas disse...

Flor:
A Primavera anda à solta ...
Feliz Domingo.
Beijo

HSLO disse...

Lindo demais....pura sensibilidade.


abraços


Hugo

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página