"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

terça-feira, 23 de novembro de 2010

"Verde e Azul"

Imagem daqui

É preciso saber ir embora
E contudo ser como as árvores:
como se a raiz ficasse na terra
como se a paisagem passasse por nós e não nos movêssemos.
É preciso conter a respiração
Até que o vento afrouxe
E o ar estranho comece a girar à nossa volta
Até que o jogo de luz e de sombras
De verde e de azul
Revele os velhos padrões
E nos sintamos em casa, onde quer que seja.

Hilde Domin


2 comentários:

Bipede Implume disse...

Querida Flor
Quanta sabedoria nessa frase" É preciso saber ir embora e contudo ser como as árvores:".
Nem imagina o que eu gosto dessas estrelinhas explodindo nas mãos das crianças.
Como sempre beleza e uma grande Paz, que guardo.
Beijinho de muita amizade.
Isabel

Ana Tapadas disse...

Querida Flor,
Que mundo onírico aqui nos criaste!
Que lindas imagens e poemas. suavizaram o meu dia.
Beijinho

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página