"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

"Poemeto nº 5"


Imagem Google


E, quando te encontro, falo-te daqueles momentos
que se enterraram, tristes, sem a tua presença ...

Falo-te de nosso amor que me faz feliz e infeliz,
e de ti, que és a minha alegria e a minha doença.

Conto-te de mim, para que te preocupes, para que tomes
nos teus braços, com este jeito de ternura que é só teu,
com desvelos de enfermeira
e carinhos de amante,
como se eu fosse mais que teu amor:
-fosse aquele filho que não tens,
mas que esperas a cada instante.

J G de Araujo Jorge


2 comentários:

Laricia disse...

O amor nos versos de J G de Araujo Jorge é sempre assim: misto de ternura e paixão!

Beijinhos, querida!

Monica disse...

O amor, em plena forma, nos versos deste poeta que adoro!

Beijos!

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página