"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

"Vivência"


Imagem Google

Se sua rua porventura aparecer
coberta de pétalas caídas
pela inclemência
de um vento qualquer,
não faça nada.
Deixe-a assim desordenada
e descabida.
São reticências que sobraram da estação passada.
Acabarão varridas pela própria vida.

Flora Figueiredo
In Amor a Céu Aberto


4 comentários:

HSLO disse...

Belo poema Flor...

abraços
de luz e paz

Laricia disse...

Sempre gostei de passear por ruas assim cheinhas de folhas caídas... sentia um quê de poesia no ar! Flora Figueireido consegue traduzir em belas palavras os nossos sentimentos!

Boas festas, querida amiga!
Beijos!

Helio Penna disse...

Poesia e imagem tão bem atreladas que me sinto passeando sobre estas folhas!

Boas festas, Flor!

Sonhadora disse...

Minha querida
Votos de um 2011 cheio de amor e muita paz, e agradecenso o teu carinho neste ano que está a findar.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página