"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

sábado, 18 de abril de 2009

.
.
Dá-me um lugar onde possa reclinar a cabeça
um colo onde possa adormecer
e te saiba por perto
.
Dá-me mãos inteiras de chuva
os lírios que a manhã me trouxe aos olhos
uma única razão para o dilúvio
.
E eu dar-te-ei um verso
do tamanho de uma casa.
.
José Rui Teixeira
.

4 comentários:

Filomena disse...

Flor!

Cá estou eu sentadinha a saborear o meu café da manhã e a apreciar o que aqui postou.

" e eu dar-te-ei um verso
do tamanho de uma casa"

Tão simples e tão profundo.

Fique bem

Filomena

A Palavra Mágica disse...

Que bom receber promessas de coisas boas.

Beijos!
Alcides

Flor ♥ disse...

Filomena,

Adoro tuas visitinhas matinais... e teus comentários carinhosos me encantam!

Um beijo e parabéns pelo teu lindo Blog!

Flor ♥ disse...

Alcides, meu amigo:

Vai prá ti uma promessa em tom de esperança:

"Todas as coisas boas
lindas e maravilhosas
acontecem para aqueles
que conseguem ver em tudo
coisas boas
lindas e maravilhosas!"

Beijo!

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página