"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

quinta-feira, 23 de abril de 2009

"Silêncio Amoroso 2"

.
.
Preciso do teu silêncio
cúmplice
sobre minhas falhas.
Não fale.
Um sopro, a menor vogal
pode me desamparar.
E se eu abrir a boca
minha alma vai rachar.
O silêncio, aprendo,
pode construir.
É um modo
denso/tenso
- de coexistir.
Calar, às vezes,
é fina forma de amar.
.
Affonso Romano de Sant´Anna
.

10 comentários:

Isabel José António disse...

Querida Amiga Dalva,

Muitos parabéns. Que bonito.


Preciso que me abraces
No silêncio que é rico
E que por mim nunca passes
Pois sozinho nunca fico

Esse silêncio da alma
Que ao infinito vai buscar
É a paz na tarde calma
Que meu rosto vem roçar

Aquilo que calamos pode ser
Abrigo no meio da tempestade
No silêncio aprendemos a ver
O caminho para a eternidade


Mais um grande abraço para si.

José António

Cleo disse...

Florzinha, escutando Madredeus, lendo este silêncio, é maravilhoso.
Adoro Madredeus, sempre escuto.
Beijos com carinho.
Cleo

Flor ♥ disse...

Oi, José Antonio!

Que lindo poema deixaste de presente aqui no meu cantinho... muito agradecida!

Beijos!

Flor ♥ disse...

Cleo,

também gosto muito de Madredeus... e a delicadeza da sua voz!

Beijos!

A Palavra Mágica disse...

Flor,

O amor é cego e, mesmo mudo, tudo vê, tudo fala...tudo sabe.

Beijos!
Alcides

luzdeluma disse...

Obrigada por apresentar esse poema de Affonso Romano de Sant'Anna. Gostei da figura que usou, ao dizer que a quebra do silêncio poderia rachar a alma. Pois é assim quando queremos eternizar um instante. Não queremos nos mover para não correr o risco do momento se dissipar!! Beijus

Ana Tapadas disse...

Lindíssimo, Flor, quanta sensibilidade!
beijinho

Flor ♥ disse...

Alcides,

Esse poema de Affonso é tão maravilhoso,não é mesmo??? Quanta delicadeza existe no silêncio daquele que ama...

Um beijo, meu amigo, e um ótimo final de semana!

Flor ♥ disse...

Luma,

Sou apaixonada por este poema... ele é tão delicado ao falar do silêncio entre as pessoas! Hoje em dia abusa-se das palavras, e um silêncio na hora certa é de uma fineza sem igual!

Beijos!

Flor ♥ disse...

Aninha,

Sempre perfumando meu blog com sua delicadeza... adoro você!

Beijinhos carinhosos!

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página