"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

"À Lua"

.
.
Como vens tão vagarosa, 
Oh formosa e branca lua! 
Vem co'a tua luz serena 
Minha pena consolar! 
Geme, oh! céus, mangueira antiga, 
Ao mover-se o rouco vento, 
E renova o meu tormento 
Que me obriga a suspirar! 
Entre pálidos desmaios 
Me achará teu rosto lindo 
Que se eleva refletindo 
Puros raios sobre o mar. 
.
Silva Alvarenga

.

4 comentários:

Bipede Implume disse...

A lua sempre inspira os poetas.
Bom fim de semana querida Flor.
Beijinhos.
Isabel

Mel disse...

Dalva, saudade do teu espaço cheio de poesia...
Um beijo e bom fim de semana!

Flor ♥ disse...

Isabel,

lua e luz na noite escura
de beleza tão rara
inspira o verso
e cala o coração...

Bjs.

Flor ♥ disse...

Mel,

saudades de vc também... que bom ter você por aqui!

Bjs.

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página