"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

"Depois de Tudo"

.
.
Mas tudo passou tão depressa
Não consigo dormir agora.
Nunca o silêncio gritou tanto
Nas ruas da minha memória.
Como agarrar líquido o tempo
Que pelos vãos dos dedos flui?
Meu coração é hoje um pássaro
Pousado na árvore que eu fui.
.
Cassiano Ricardo
.

12 comentários:

Monica disse...

Um lindo poema sobre a fugacidade do tempo.
Adorei a imagem do coração como um pássaro, pousado na árvore do que fui...

Bjs, Flor.

Helio Penna disse...

Flor, querida, não há como não se sentir tocado por um poema assim. Nesse ritmo de vida agitado que levamos, o tempo corre pelos dedos.

Bom dia com um beijo meu!

Flavio Ribeiro disse...

Cassiano Ricardo usa muitas metáforas... gostei dos gritos do silencio na memória..

Beijo, Flor!

Melissa disse...

Flor, não há nada mais dolorido do que a agudice da perda...

Um belo poema... A dor se transforma em beleza nas mãos dos poetas...

Um beijo!

A Palavra Mágica disse...

Flor,
Se o coração é como um pássaro, ótimo. Ele é livre.

Beijos!
Alcides

Ana Tapadas disse...

Querida amiga:
O problema mesmo é o tempo ser líquido.
beijinho

Andradarte disse...

Quer se queira quer não, tudo se esvai.
Beijo

Flor ♥ disse...

Monica,

Cassiano Ricardo foi muito feliz nas imagens que usou neste poema!

Bjs.

Flor ♥ disse...

Helio,

é por isso que esse poema "grita" tanto em nós!

Bjs.

Flor ♥ disse...

Flávio,

que bom que compartilhamos o gosto pelo genial Cassiano Ricardo!

Bjs. querido!

Flor ♥ disse...

Melissa,

A poesia está em todos os lugares... basta saber olhar!

Bjs.

Flor ♥ disse...

Alcides, querido!

Às vezes o coração-pássaro livre sente-se engaiolado pela poesia.

Bjs.

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página