"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

domingo, 26 de setembro de 2010


Imagem daqui

Se os ramos dão na vidraça
e os choupos estremecem,
é para que em minha mente
chegues devagarinho.

Se as estrelas, na lagoa
alumiam as profundezas,
minha dor se alivia
acalma-se o meu espírito.

E se as nuvens se dissipam
e a lua resplandece,
é para que, de ti,
eu me lembre eternamente.

Mihail Eminesco
In Antologia da Poesia Romena


3 comentários:

Ana Tapadas disse...

Que lindo Flôr! E eu que nada conheço de poesia romena.
Beijinho

HSLO disse...

Um arraso viu Flor...

e esse fundo musical, amei.



abraços

Agulheta disse...

Olá Flor! Pela vidraça desfrutamos as maravilhas da vida,como este lindo poema,a flor é linda.
Beijinho

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página