"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

terça-feira, 29 de março de 2011



Sou homem: duro pouco...
e é enorme a noite.
Mas olho para cima:
as estrelas escrevem.
Sem entender compreendo:
Também sou escritura
e neste mesmo instante
alguém me soletra.

Octávio Paz



Imagem: "Seeing in the dark ... a starry night in Arosa, Switzerland",
de Alessandro Della Bella

Um comentário:

Fernando Campanella disse...

Muito bonito o sentimento poético que permeia esse poema do Paz, sinto isso, alguém me soletra, me decifra, (ou me devora) para além do circunscrito círculo onde me locomovo.

Há um prêmio pra vc em meu blog,copie o selo lá e cole em teu blog. Veja as regrinhas. Bjão, minha querida amiga.

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página