"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

.
.
- Vem ao jardim na primavera, disseste.
- Aqui estão todas as belezas, o vinho e a luz.
Que posso fazer com tudo isso sem ti?
E, se estás aqui, para que preciso disso?
.
Jalaluddin Rumi
.

4 comentários:

janelasdavida disse...

Perfeito esse texto! Só o amor é capaz de enxergar a essência! Teu blog é lindo! Visitei o de Florbela! Tbm muito especial! Te adicionei! Abraços!!!!

Mel disse...

Quando amamos é assim mesmo...
Tudo faz sentido, nada faz sentido!
:)

Bipede Implume disse...

Tudo tão bonito.Um enorme bom gosto na escolha dos poemas e das imagens.
Um bom domingo.
Beijinhos.
Isabel

Flor ♥ disse...

Ao meu amigo do Janelas da Vida

Muito bom ter você aqui no Interlúdio, venha sempre que quiser... quanto a beleza do Blog, ela só existe a partir do momento que alguém a aprecia. Este é um espaço para a poesia nossa de cada dia... e também para uma musica agradável!


Mel, querida!

Esse é realmente o encanto desse sentimento: puramente emocional!

Isabel, tua presença e teu carinho é que deixam tudo por aqui tão bonito...

Beijos!

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página