"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

.
.
E diz-me a desconhecida:
"Mais depressa! Mais depressa!"
Que eu vou te levar a vida! . . ."
.
Finaliza! Recomeça!
"Transpõe glórias e pecados! . . ."
Eu não sei que voz seja essa
.
Nos meus ouvidos magoados:
Mas guardo a angústia e a certeza
De ter os dias contados . . .
.
Rolo, assim, na correnteza
Da sorte que se acelera,
Entre margens de tristeza,
.
Sem palácios de quimera,
Sem paisagens de ventura,
Sem nada de primavera . . .
.
Lá vou, pela noite escura,
Pela noite de segredo,
Como um rio de loucura . . .
.
Tudo em volta sente medo . . .
E eu passo desiludida,
Porque sei que morro cedo . . .
.
Lá me vou, sem despedida . . .
Às vezes, quem vai, regressa . . .
E diz-me a Desconhecida:
.
"Mais depressa,
Mais depressa"
.
Cecília Meireles

Nenhum comentário:

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página