"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

"Os Versos Que Te Fiz"

.
..

Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que a minha boca tem pra te dizer!
São talhados em mármore de Paros
Cinzelados por mim pra te oferecer.
.
Têm dolência de veludos caros,
São como sedas pálidas a arder ...
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que foram feitos pra te endoidecer !
.
Mas, meu Amor, eu não tos digo ainda...
Que a boca da mulher é sempre linda
Se dentro guarda um verso que não diz!
.
Amo-te tanto ! E nunca te beijei...
E nesse beijo, Amor, que eu te não dei
Guardo os versos mais lindos que te fiz!
..
Florbela Espanca
(8 de dezembro de 1894 + 8 de dezembro de 1930)

.

Hoje, há 79 anos de sua morte, uma simples homenagem a esta
que é a maior poetisa do mundo...
pois tornou-se eterna a Mais Bela Flor do Alentejo...

.

12 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Lindo este poema da Florbela!
beijos

victor barão disse...

Amiga Flor _ se assm me è permitido tratá-la?!

Neste jardim de indescritivelmente belos Poemas que é Interludio-anoII

Eis (mais) um Poema de Florbela Espanca, de causar arrepio na espinha e lágrimas nos olhos

Obrigado Amiga!

DILERMArtins disse...

Mas bah, Flor.
Parabéns pela homenagem à Florbela e obrigado pelo poema e pelo fado.

magna disse...

olá flor que saudade como voce esta?espero que muito bem!
obrigado pelo carinho e pela visita,estive um tempo fora por estar com problmeas na internet,agora jah está solucionado.
"E nesse beijo, Amor, que eu te não dei
Guardo os versos mais lindos que te fiz!"
que delicia de versos e frases,o amor está submerso em cada letra!
tenha um bom dia e uma semana maravilhosa.

A Palavra Mágica disse...

Flor,

Hoje não mencionei a Florbela em meu blog, mas esta mulher de alma linda merece muitas homenagens.

Beijos!
Alcides

HSLO disse...

Belíssima homenagem.


abraços


Hugo

Sonhadora disse...

Flor
Adorei este poema de Florbela Espanca...Maravilhoso
Beijinhos
Sonhadora

Agulheta disse...

Flor.Sem dúvida que foi uma diva da poesia,onde o amor era a sua loucura,e belo poema cantado por outra diva Amália,adorei a homenagem.
Beijinhos Lisa

Ana Tapadas disse...

Querida Flor:
Hoje, aqui, senti-te em Portugal!
Foi há um ano que te ciber-conheci, por causa de outra alentejana - a nossa querida Florbela Espanca!
Beijinho,
Ana

Andréia ... disse...

Lindo poema da Florbela!

Gosto muito da maneira como escreve. Tem sua particularidade em demonstrar os seus sentimentos!

Bela homenagem!

sumartins disse...

Florbela, sempre com seus belos versos que Espanca! =)

Beijinhos

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) disse...

O LIVRO DE MÁGOAS DA FLORBELA ESPANCA

Eu só sei ler o Livro de Mágoas
Da Florbela Espanca.
Corro os meus dias atrás de outros...
Sempre os mesmos! E cismo
Ser autor de sonetos, poeta
Com algum esmero.
Mas não consigo buscar o ritmo,
Contar a métrica, ditar a melodia:
Carpir a poesia de sublime imaginação.
Tudo que posso são umas linhas
Com algumas luzes azuis,
E cinzas as minhas palavras.
Eu só sei ler o Livro de Mágoas
Da Florbela Espanca.

(PEDRO RAMÚCIO)

Flor, vim para voltar sempre. Urgentemente sempre. Seu blog é coisa pra se guardar...

Com muito encanto,
Ramúcio.

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página