"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

"Os Lírios"

.
.
Certa madrugada fria
irei de cabelos soltos
ver como crescem os lírios.

Quero saber como crescem
simples e belos — perfeitos! —
ao abandono dos campos.

Antes que o sol apareça
neblina rompe neblina
com vestes brancas, irei.

Irei no maior sigilo
para que ninguém perceba
contendo a respiração.

Sobre a terra muito fria
dobrando meus frios joelhos
farei perguntas à terra.

Depois de ouvir-lhe o segredo
deitada por entre os lírios
adormecerei tranqüila.
.
Henriqueta Lisboa

.

6 comentários:

Agulheta disse...

Flor. Poema feito de belas palavras e sentimentos,que ficou bem no meu pensamento plea simplicidade.
Beijinhos de amizade Lisa

Helena Castelli disse...

Amiga querida
Estou ficando viciada no seu blog. Agora passo por aqui todos os dias e fico apreciando seu bom gosto.

Beijos e bom fds.
Helena

HSLO disse...

O lírio é criminoso pelo cheiro que ele tem. Eu também só criminoso por ter amar e te querer bem.



abraços
de luz e paz minha amiga.


Hugo

Melissa disse...

Imagino os sonhos que virão embalados do perfume!

Um beijo e bom fim de semana, Flor!
Mel

victorb disse...

Definitivamente não posso deixar de comentar:

_ Pela simplicidade, pela beleza, pelo encanto, pela poesia, pel'"Os Lírios";...

...creio cada vez mais que a providência divina ou universal colocou Interludio-anoII, na minha vida, inclusive como antitese da minha própria existência!...

Bendita Flor, Divina

Manuela Santos disse...

Olá,
O teu blogue é de facto de grande qualidade e sensibilidade, tanto na selecção da poesia, como das imagens.
Gostei bastante deste poema aos lírios, porque tudo é muito transparente e muito suave.
Beijinhos,
Manuela

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página