"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

quarta-feira, 19 de maio de 2010

"Fita Verde"

.
Fotografia Shana Rae
.
Prendi uma fita bem verde
nos meus cabelos escuros.
Fiquei quase uma menina
capaz de subir nos muros.

Troquei de alma e de idade
e brinquei entre as crianças.
Meus pesares voaram longe...
e as minhas desesperanças.

Na roda da "Cirandinha"
ninguém cantou como eu.
Cantei, cantei todo o dia
até que o sol se escondeu.

E veio a noite e o cansaço
e nós fomos descansar:
as crianças de verdade
e eu que brinquei de enganar.

Lila Ripoll

.

3 comentários:

Agulheta disse...

Amiga Flor!Belo poema de inocência e sentimentos,que sempre estão presentes na vida.
Beijinho de amizade Lisa

EMOÇÕES disse...

Boa noite!
Seu "cantinho" está maravilhioso.
Fiz dele uma das minhas visitas diárias.
Beijos...

A Palavra Mágica disse...

Flor,

Ontem estive com essas pérolas, muito bom!

É como disse aquele menino: temos que amadurecer sem perder a ternura. As coisas boas ficam para sempre em algum lugar.

Por falar em coisas boas, eu não conhecia esta letra, apenas a melodia em Jealous Guy.

Beijos!
Alcides

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página