"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Serenata

.
.
Permita que eu feche os meus olhos,
pois é muito longe e tão tarde!
Pensei que era apenas demora,
e cantando pus-me a esperar-te.

Permite que agora emudeça:
que me conforme em ser sozinha.
Há uma doce luz no silencio,
e a dor é de origem divina.

Permite que eu volte o meu rosto
para um céu maior que este mundo,
e aprenda a ser dócil no sonho
como as estrelas no seu rumo.

Cecília Meireles

.

4 comentários:

Mariângela disse...

nossa! que maravilha!
agradeço a vc por me dar a oportunidade de ler tão lindas palavras da grande Cecília.
beijos

Ana Tapadas disse...

Lindo o poema de uma grande poetisa!
Um leve toque de nostalgia te levou à escolha?
beijinho

Sonhadora disse...

Minha querida
como sempre belo.

deixo um beijinho
Sonhadora

Denise disse...

Ser docil como as estrelas em seu rumo...
ah se eu soubesse!

afagos esperançosos

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página