"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

.

..
Acorde:
Tua ausência
Rasa e condoída, é uma lua
Que bóia distraída
Na poça d'água do meu peito

Julio Meirelles

.

5 comentários:

Agulheta disse...

Flor. Pequeno mas com cheiro belo que se chama...poesia,adorei.
Beijinhos amigos. Lisa

Mateus disse...

Nossa, demais! viajei *_*

Tava olhando aquela última postagem "nadar"
Lembrei do filme do nemo
shaushaus
Aquela q esquece das coisas, cantava assim>
Continue a nadar, continue a nadar
XD
suahsaushasha
Soufeliz.com


Bjãoooo

Sonhadora disse...

Querida Flor

belo poema e bela imagem...adorei
Obrigada pelo carinho-

Beijinhos
Sonhadora

DILERMArtins disse...

Mas bah, Flor.
A lua traz o prata da saudades às águas intranquilas...

A Palavra Mágica disse...

Flor,

Hoje não vou comentar o poema, apenas quero dizer que a pequenêz que mora em minha sabedoria
nunca me deixou ver que a Terra é assim mesmo: águas revoltas contempladas pelos estros e pela Lua.

Um beijo!
Alcides

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página