"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

"Dentro sem Fora"

.
fotografia Gabina
.
A vida está
dentro da vida
em si mesma circunscrita
sem saída.

Nenhum riso
nem soluço
rompe
a barreira de barulhos.

A vasão
é para o nada.

Por conseguinte
não vasa.

Ferreira Gullar
In Barulhos

.

5 comentários:

Ana Tapadas disse...

Querida Flor:
A vida é isso mesmo, se aprisiona nela própria.
Desejo-te uma óptima quarta-feira.
Beijinho

Mateus Araujo disse...

a vida é dentro da vida.. fora é morte HASUHASUHASAS
o amor é inexplicável.. assim fazemos das coisas óbvias o mistério de viver..
*_*

Sonhadora disse...

Minha querida Flôr

Lindissimo poema
Bela escolha
.
A vida está
dentro da vida
em si mesma circunscrita
sem saída.

Lindo

Beijinhos
Sonhadora

DILERMArtins disse...

Mas bah, Flor.
A vida é assim, como folhas que caem na terra, sobem em forma seiva bruta e voltam a cair, fechadas neste círculo, ciclo após ciclo...

A Palavra Mágica disse...

Flor,

Este é mais um dos poemas interessantes do grande Ferreira Gullar.

Beijos!
Alcides

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página