"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

"Luas"

.
fotografia de Jim Skea
.
Lua retrô
De Kioto
Da monja implume
De mel e esgoto
Do meu silêncio oco

Lua nouveau
Do sol crescente
Do vaga-lume
Da sarna ardente
Do ovo choco.

Fernando Campanella

.

6 comentários:

Jéll C. disse...

Belo poema. Eu sou admiradora acidua da lua. *-*
Gostei da musica do slide, bem leve, tranqüiliza a alma. :)
Boa noite amore ;**

Sonhadora disse...

Minha querida Flor.
Passei para deixar um beijinho de boa noite.

sonhadora

HSLO disse...

Ontem a Lua estava bem assim aqui em minha cidade a coisa mais linda.


abraços


Hugo

A Palavra Mágica disse...

Flor,

Linda a Lua!

Consegui colocar no Abismo Noturno o seu lindo presente.

Muito obrigado!

Um beijo!
Alcides

Fernando Campanella disse...

Belos poemas aqui, do Leminski, da Hilda, da Fernanda de Castro. Lindas fotos , como sempre ótimo gosto, Flor. Lindo espaço.
Ah, e a Billie é demais. Bjos, obrigado por mais uma postagem de um poema meu.

Eu, sem clone disse...

Flor e Lua combinam bem. Passando para dar um bomdia e respirar a suavidade de seu blog. bjs

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página