"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

quarta-feira, 13 de outubro de 2010


Imagem Google

A que tamanho chega a ferida?
O corte que você fez e não voltou para soprar.
A que tamanho chega o rasgo deixado sem curativo?
Aberto.
Abandonado.
Quanto ainda cresce um buraco que já foi milimétrico?
Um pequeno traço.
A que tamanho chega uma ferida regada todos os dias?
Cultivada por alguém como se fosse flor?

Eduardo Baszczyn


3 comentários:

Fatima disse...

Fica de um tamanho sem medida.
Bjs.

Sonhadora disse...

Minha querida
Um poema muito belo e terno.

Deixo o meu carinho e um beijinho

Sonhadora

lis disse...

Poesia carregada de sentimentos densos .
dá-me uma mais ameno rsrs
Prefiro pensar que cultivo uma Flor que sempre floresce pelas manhãs no meu Infinito Particular enquanto ouço um trecho do seu Interlúdio. rs
beijos

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página