"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

"A Velha"


Imagem Google

Esculpida em silêncio,
sentada e sábia,
fita o horizonte da mágoa.

Ao seu lado, o mar murmura
as sílabas
do ocaso.

Ó beleza antiga e súbita:
sobre o seu ombro
o instante se debruça,
iluminado.

Adriano Espínola


3 comentários:

Ana Tapadas disse...

Adoro velhos!
Este poema é lindo.
Beijinho, amiga Flor

lis disse...

Linda imagem e fazendo coro com Espínola Drumonnd diz:
"ficaste sozinho, a luz apagou-se,
mas na sombra teus olhos resplandecem enormes..."
" esculpidas em silêncio" resistem!
belas e velhas rs
adorei florzinha

Analuka disse...

A sabedoria e experiência dos idosos, o valor de suas vivências, deve ser por todos respeitado, lembrado, neste mundo que preza tanto a força, a juventude, a velocidade, a aparência... Lindo o blog, adoro passear por aqui e desfrutar de tanta delicadeza. Deixo abraços alados!

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página