"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

.
.
Ouço uma fonte
É uma fonte noturna
Jorrando.
É uma fonte perdida
No frio.
.
É uma fonte invisível.
É um soluço incessante,
Molhado, cantando.
.
É uma voz lívida.
É uma voz caindo
Na noite densa
E áspera.
.
É uma voz que não chama.
É uma voz nua.
É uma voz fria.
É uma voz sozinha.
.
É a mesma voz.
É a mesma queixa.
É a mesma angústia,
Sempre inconsolável.
.
É uma fonte invisível,
Ferindo o silêncio,
Gelada jorrando,
Perdida na noite.
É a vida caindo
No tempo!
.
Augusto Frederico Schmidt

Nenhum comentário:

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página