"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

`Harnonia`

.
.
De quem é essa poesia partida
que derrama pela fresta
lágrimas azuis?
.
E a rosa-dos-ventos caída de lado
que gira cansada
pra lado nenhum?
.
Quem deixou esta valsa comum
que pende da pauta,
escorrega da flauta,
descrente e descalça?
.
Que tudo volte a ser como antes:
o corrimão de estrelas,
a jarra de sonhos,
meu carrossel de passarinhos.
.
Que abra a porta ao viajante.
Uma bilha de água pura sobre a mesa,
o pão na porcelana portuguesa,
uma toalha sem manchas,
um poema desenhando sóis pelo caminho.
.
Flora Figueiredo

Nenhum comentário:

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página