"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

sábado, 24 de abril de 2010

"Decifra-me"

.
.
A lua é um criptograma.
Decifra-me, diz ela
à minha metade analítica
E trôpega.
À minha outra porção,
Mais precavida
Ante o mistério das coisas,
Ela sussurrra-me apenas:
bebe de meu vinho e sonha.

Fernando Campanella

.

5 comentários:

Estrela vespertina...turbulenta! disse...

sim sonha,esquece,convense,converse,perde-se,entede-me e depois bem depois decifra-me!!!
beijokas vespertinas,com todo meu carinho.

Sonhadora disse...

Minha querida Flor.
Passei para deixar um beijinho e o meu carinho.

Sonhadora

Fernando Campanella disse...

Obrigado por mais este mimo, Flor. Adorei ver este poema aqui, puxa, ele á tão antigo, do começo da década de noventa.
Olha, a música do Cary Brothers, Rider, é magnífica, não conhecia esse grupo. Vou buscar no youtube, muito linda.
Grande abraço.

Geraldo de Barros disse...

Que lindo blog, gostei de tudo aqui, parabéns

=)


Grande abraço,
G.

CANTO GERAL DO BRASIL (e outros cantos) disse...

Flor,
Deparar com Fernando Campanella aqui é mesmo um sonho, e eu 'vinho' aqui para beber poesia e saio (fico) embriagado já, trôpego pelos passos dela nele...

Abraço bêbedo,
Pedro Ramúcio.

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página