"Regresso devagar ao teu
sorriso como quem volta a casa..."

Manuel Antonio Pina

quinta-feira, 5 de junho de 2008

.
.
Não escrevo porquê me falta inspiração
porquê olho para a terra
para a vida que brota
para a lagarta que nasce
e não sinto nada...
Mentira!
.
Não escrevo porquê me sobra inspiração
porquê olho para a terra
para vida que brota
e sinto uma dor imensa no coração
.
Vejo a lagarta que nasce
e me entristece a fugacidade
de sua ingenuidade
a fugacidade
de sua liberdade
a fugacidade
de suas possibilidades:
de sentir suas asas nascerem
de voar sem saber pra quê
e de morrer sem ao menos compreender-se viva
.
Não escrevo porquê padeço
e padecendo não me pareço
com aquilo que desejo e muito parecer:
com a vida que brota
com a lagarta que nasce
com o belíssimo amanhecer!
.
Por isso não chore,
não me peça para escrever!
.
Flávia Trigo

Nenhum comentário:

Interlúdio com ...

Will You Still Love Me Tomorrow - Norah Jones

Will You Still Love Me Tomorrow

Norah Jones

Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
or just a moment pleasure?
Can I believe the magic of your sight?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
You said that I'm the only one
But will my heart be broken
When the night meets the morning sun?

I like to know that your love
This know that I can be sure of
So tell me now cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?

Will you still love me tomorrow?
Will you still love me tomorrow?...

Postagens populares

Total de visualizações de página